Korea’s Sweet Tooth II

Tradução* do artigo da Korea Magazine.

Continuação da matéria Korea’s Sweet Tooth I

Criações mais modernas

A abertura da Coreia do Sul para o Ocidente no final do século 19 levou à mudanças significativas na cultura e sociedade coreana e as refeições não foram uma exceção. A introdução de alimentos como farinha de trigo, pasta de feijão vermelho frio e sorvete, bem como práticas de refeições ocidentais e de outros lugares, teve um profundo impacto sobre as tradições de sobremesa da Coreia no século 20.

A introdução, no século 20, de refrigeração, máquinas de raspar gelo, leite condensado e, em particular, pasta de feijão vermelho feita a partir do feijão azuki  adocicado, levou ao nascimento de uma das sobremesas mais icônicas da Coreia, o 팥빙수 patbingsu. Um prato de gelo raspado coberto com frutas, feijão azuki, leite condensado, bolos de arroz e outros doces, a sobremesa é a favorita dos coreanos no verão.

9
팥빙수 Patbingsu

A introdução da farinha de trigo e as técnicas ocidentais do cozimento deram origem aos pães e aos bolos distintamente coreanos. Talvez o mais conhecido é o chamado 황남빵 hwangnam ppang, uma massa feita a partir de ovos e farinha de trigo e recheio de pasta de feijão vermelho que representa cerca de 70 por cento do bolo. O pão geramente tem o desenho de uma flor do tipo crisântemo na parte superior. 황남빵 hwangnam ppang foi inventor de uma padaria em Gyeongju-si na região de Hwangnam-dong em 1939. Hoje, existem inúmeras lojas em Gyeongju-si especializada na iguaria, que é incrivelmente popular entre os turistas, que normalmente compram o doce em caixa.

1029214_image2_1
황남빵 Hwangnam ppang

Outra especialidade local são os famosos bolos de noz de 천안시 cheonan si, ou 호두과자 hodu gwaja. Estas pequenas maravilhosas bolas são feitas assando uma mistura de massa, pasta de feijão vermelho e nozes em pó. Inventado em 1934, os bolos estão agora disponíveis em todos os lugares, especialmente nos trens, onde foram vendidos como um lanche ou como presente por décadas.

2820_recipe_main_7240
호두과자 Hodu gwaja

Modernização e globalização

Como em outros lugares, bolos e doces de estilo ocidental são muito populares na Coreia. O pão coreano e a pastelaria tendem a ser mais doce e macio do que seus homólogos ocidentais, e algumas coberturas – como salsicha – podem ser um pouco estranhas para os clientes ocidentais. Cafés de padaria são agora encontrados em toda a Coreia, liderada pelo gigante da franquia Paris Croissant e sua marca irmã, Paris Baguette. A empresa possui mais de 3.175 lojas em toda a Coreia, com mais 70 lojas nos Estados Unidos. Ele também tem lojas no Sudeste Asiático. Com mais e mais coreanos viajando para o exterior e um número crescente de padeiros aprendendo seu ofício na Europa e América do Norte, os gostos estão refinando e muitas pessoas levam seus bolos e doces muito a sério. A Coreia possui uma das melhores cenas de pastelaria do mundo. Vá a qualquer um dos bairros mais famosos de Seul e você encontrará uma abundância de lojas de sobremesa de alta qualidade, sendo além de saborosas, atraentes iguarias. Caso ainda precise de uma prova, uma equipe coreana de padeiros ganhou o Coupe du Monde de la Boulangerie de 2016, a mais prestigiosa competição de confeitaria do mundo.

Enquanto as sobremesas ocidentais estão certamente desfrutando de uma idade de ouro, as sobremesas tradicionais coreanas também estão acompanhando com o tempo . Típico desta tendência é o 떡 Tteok café, um espaço onde você pode desfrutar de uma xícara de café ou chá com um prato de bolos de arroz coreano. Um desses lugares é  질시루 Jilsiru, administrado pelo tradicional Instituto de Pesquisa de Alimentos Coreano, que também opera um museu em Seul dedicado a bolos de arroz. 떡Tteok cafés estão também abrindo lojas no exterior, em cidades como Los Angeles. É uma tendência, diz Chung, do Institute of Royal Korean Dessert. “Mesmo na Coreia, a indústria do 떡 é bastante insignificante em comparação com a indústria do pão”, diz. “Portanto, é uma boa abordagem para colocar as bebidas tradicionais,떡 e 한과 hwangwan em um café com uma boa atmosfera onde as pessoas podem relaxar e se divertir.”

1010721_image2_1.jpg
질시루 Jilsiru

Um chef lidera o comando para trazer sobremesas tradicionais coreanas para a era moderna, ele é Shin Yong Il da loja coreana Haap de confeitaria tradicional, no distrito de Cheongdam-dong em Seul. Shin aprendeu a arte da fabricação de 떡, e, de todos os lugares, foi na França, onde procurou casar técnicas francesas de sobremesa com bolos de arroz coreanos. Usando fornos e ferramentas ocidentais de cozimento, ele pode controlar, de forma precisa, o ambiente de cozimento para produzir sobremesas como castella 인절미 injeolmi e o 떡 donuts de gengibre coberto de mel. Shin acha que há uma necessidade natural de modernizar bolos de arroz e outras sobremesas tradicionais. “Para desenvolver bolos de arroz, o que mais precisamos é desenvolver os ingredientes e modernizar as ferramentas”, diz ele. “Inúmeros chefs estão trabalhando dia e noite em todo o mundo para desenvolver pães e bolos, mas 떡 vai desaparecer se os coreanos não trabalharem para mantê-lo. Como uma pessoa que pesquisa e faz bolos de arroz, vou trabalhar ainda mais duro com o senso de missão, e eu espero ver ainda mais pessoas pesquisando e desenvolvendo bolos de arroz.”

Revisão: Bárbara Barreto

Foto capa: TastyKFood.com

*Foram acrescentadas fotos para melhor compreenção do texto.

Deixe um comentário